A Fazenda Santa Rita foi fundada pela família Souza Carvalho em 1896, destinando-se quase que exclusivamente ao processo de produção de café. Em pouco tempo, a fazenda de aproximadamente 140 alqueires, localizada nos arredores da vila de Bonfim Paulista, contava com vasto núcleo industrial e empregava mais de 150 colonos, tornando-se uma das maiores e mais importantes fazendas cafeeiras da região de Ribeirão Preto.

A prosperidade advinda deste período auxiliou a segunda geração da família Souza Carvalho a construir a imponente sede de 350 m². Concluída em 1910, a residência foi inspirada na arquitetura colonial brasileira e utilizou materiais abundantes na região: barro e madeira. Naquela época, uma olaria acabou sendo estruturada dentro da fazenda para atender à alta demanda de tijolos empregados na construção de suas edificações. Isto possibilitou a utilização deste mesmo material na construção do terreiro de café de 6.000m², raro exemplar existente na região que nos permite ter uma ideia do grande volume de café produzido no local naquela época.

A capela foi construída em 1955 por devoção à Santa Rita de Cássia. Também inspirada na arquitetura colonial brasileira, ela passou a sediar os casamentos e batizados da região. Além destas festas, uma tradição importante acontecia anualmente na capela: todo dia 22 de maio, dia de Santa Rita, uma missa de agradecimento à santa era celebrada e colonos e familiares se reuniam para tomar um bom café produzido na própria fazenda.

A família Souza Carvalho morou no local até 2013. A partir de então, uma grande reforma foi iniciada para transformar a fazenda em um luxuoso e exclusivo complexo de eventos, buscando sempre preservar a identidade local e o glamour proveniente da era cafeeira na região.

 

 

fzastarita